Rua Alagoas, 969 - Savassi - BH

Tel.:  (31) 3047-3656

WhatsApp Geral: (31) 994710723

  • w-facebook
  • Google Clean
  • Blogger Clean
  • Pinterest Clean
  • White Instagram Icon

Cuidados com o Piercing

August 25, 2015

Os piercings, antes mesmo de se popularizarem como acessórios em nossa cultura, já eram utilizados por outros povos, como os indígenas e os esquimós, há muitos séculos. Seu uso é comumente associado à rebeldia e transgressão mas também podem funcionar como enfeite, instrumento de sedução e adquirir significados que variam de pessoa para pessoa.

 

 

Este adereço possui determinadas características que tornam necessários alguns esclarecimentos e importantes recomendações a serem seguidas antes, durante e depois da aplicação do piercing. Veja quais são:

 

Quem não pode fazer?

- Menores de 18 anos (ao menos que autorizados e acompanhados pelos pais ou responsáveis).

- Pessoas que estejam fragilizadas por alguma doença.
- Pessoas com problemas dermatilógicos.
- Diabéticos.

 

Como escolho um bom profissional?

O Body Piercer deve atuar em um local seguro e limpo, adotando sempre critérios fundamentais de higiene. É importante que o estúdio utilize autoclave para a esterilização de materiais não-descartáveis, como pinças e tesouras. Estes utensílios devem estar embalados em envelopes específicos a serem abertos na frente do cliente.

 

Outros materiais, como agulhas e luvas, devem ser descartáveis e jogados no lixo logo após a utilização.

É fundamental que o Body Piercer profissional saiba conversar e seja atencioso para compreender exatamente o que o cliente deseja e explicar o procedimento e os cuidados posteriores com o piercing.

 

Quais os locais do corpo que oferecem maior risco?

Todo piercing deve ser muito bem cuidado para evitar complicações, no entanto, quando aplicado em locais que demoram mais a cicatrizar e mais difíceis de limpar, a atenção deve ser redobrada. Os piercings íntimos e os na boca são alguns exemplos que, caso não seja feita a limpeza adequada, aumentam os riscos de infecção.

 

Como escolher a joia ideal?

Os materiais mais adequados para piercings são o aço cirúrgico, o titânio e o ouro branco, pois oferecem menos chances de infeccionar. Desconfie de peças muito baratas, porque, podem não ser tão seguras para estar em contato com a pele e mucosas. Também é importante saber que cada lugar a ser furado corresponde a um tipo de joia, por isso, consulte um profissional antes de escolher seu acessório.

 

Que cuidados devo ter depois de colocar o piercing?

Após alguns dias, a dor, o sangramento e a secreção devem ter sumido. Após uma semana, recomenda-se o retorno ao estúdio onde foi aplicado o piercing para que o profissional avalie se a cicatrização está normal.

Alguns sinais, como ardência, dor, calor no local e febre podem indicar uma infecção. Nestes casos, um médico deve ser consultado. A alimentação também influencia na boa cicatrização. Alimentos muito gordurosos, como carne de porco e ovo, devem ser evitados durante um mês.

 

Apesar de os cuidados mais específicos serem necessários nos 30 dias seguintes à aplicação, a limpeza da peça e do local do furo deve ser feita constantemente, utilizando água e sabonete antibacteriano. O uso do spray anti-séptico vai depender do local que foi perfurado, por isso é importante a indicação de um dermatologista. Atritos na região perfurada também devem ser evitados.

 

Como evitar queloides?

O risco de queloides muitas vezes está relacionado a uma predisposição genética, no entanto, em casos em que esta tendência não é tão grande, a limpeza adequada e a boa alimentação contribuem para uma boa e rápida cicatrização. Se houver inchaço ou começar a surgir uma bolinha no local do furo, deve-se procurar um médico.

 

Quando posso trocar a joia?

Antes de trocar o piercing,  é necessário respeitar os períodos de cicatrização, que variam de acordo com o local perfurado. São eles:

 

  • Cartilagem da orelha: um ano

  • Língua: quatro a seis semanas

  • Lábio: duas a seis semanas

  • Sobrancelha: seis a oito meses

  • Nariz, umbigo e mamilo: seis meses

  • Clitóris: quatro a oito semanas

  • Períneo: dois a seis meses

  • Pênis: oito semanas 

 

Caso ainda tenha alguma dúvida relacionada à aplicação de piercins, entre em contato com o Body Piercer Mitchell pelo e-mail: mfranckevicius@gmail.com

Please reload